Sábado, 07 de Dezembro de 2019
Mais Noticias Locais

Bebê de 7 meses e criança de 2 anos tem confirmação de sarampo em Catanduva.

Campanha de vacinação vai começar em outubro.

Publicada em 27/09/19 às 08:51h - 84 visualizações

por VOX FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

DIVULGAÇÃO  (Foto: VOX FM)

A Secretaria Municipal de Saúde de Catanduva confirmou dois casos de sarampo autóctones – de transmissão local. Uma das vítimas tem 7 meses e vive no Parque Flamingo. A outra tem dois anos e reside na Vila Soto. Nesse caso, a criança apresentou os sintomas apesar de ser vacinada. A doença foi detectada por meio de amostras de sangue analisadas pelo Instituto Adolfo Lutz.

Com isso, sobe para quatro o número de casos positivos de sarampo na cidade, dois deles são considerados importados, cujas infecções ocorreram na capital paulista – um deles é morador de Bauru e outro de São Paulo. Outros dois casos estão em investigação.

A Secretaria de Saúde informa que, sempre que identificado casos suspeitos de sarampo, a vigilância desenvolve bloqueio vacinal no entorno do local de notificação para evitar o contágio.

Catanduva se prepara para a campanha de vacinação contra o sarampo. Na cidade, o mutirão ocorrerá em duas etapas. Na primeira fase, que vai de 7 a 25 de outubro, serão vacinadas crianças, a partir dos seis meses a menores de cinco anos. Enquanto que, na segunda etapa, que vai de 18 a 30 de novembro, serão imunizados jovens, com idades entre 20 a 29 anos.

A vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, está disponível gratuitamente em todas as unidades de saúde do município.


SARAMPO NO ESTADO
Mais duas mortes por sarampo foram confirmadas, nesta quarta-feira (26/09), na capital paulista, de acordo com a Secretaria de Saúde de São Paulo. As vítimas são uma mulher de 31 anos sem histórico de vacinação e um bebê do sexo masculino de 26 dias. Ao todo, já são 5 mortes decorrentes de sarampo no estado de São Paulo.

Este ano, já foram confirmados 5.039 casos no estado de São Paulo, sendo que, desses, 56,3% se concentram na capital, onde foram contabilizados 2.897 casos. Os dados são do Centro de Vigilância Epidemiológica estadual, que monitora a circulação do vírus.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (17)9 9723-1013

Visitas: 539581
Usuários Online: 21
Copyright (c) 2019 - VOX FM - SAUDADE É A NOSSA ESPECIALIDADE