Mais Noticias Locais

Força-tarefa combate desvio de energia em Catanduva e região.

Até o momento, foram 49 irregularidades identificadas pela Energisa.

Publicada em 23/05/19 às 08:37h - 289visualizações

por VOX FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

DIVULGAÇÃO  (Foto: VOX FM)
Cíntia Souza - Jornal "O Regional


Uma força-tarefa identificou desvio de energia que abasteceria 3.750 casas por um mês. A iniciativa é da Energisa Sul-Sudeste e conta com o apoio da Polícia Civil. Até o momento, balanço parcial aponta que foram 49 irregularidades identificadas em Catanduva e cidades da região atendidas pela Energisa, totalizando aproximadamente 676 mil quilowatts-hora desviados.


O balanço dos primeiros dias da ação foi divulgado por Paulo Cesar Maluf Soler, gestor de Clientes da Energisa que esteve no estúdio da VOX FM. Além de Catanduva, a força-tarefa trabalha em Nova Aliança, Mendonça, Adolfo, Urupês, Irapuã, Sales, Novo Horizonte, Borborema, Itajobi, Marapoama, Elisiário, Catiguá, Novais e Tabapuã.

“A gente fez uma parceria com a Policia Civil para fazer essa campanha porque a irregularidade identificamos, quem dá andamento no processo é a polícia que vai identificar se é furto ou o que é. Estamos fazendo a campanha com seis equipes na região de Catanduva para identificação dessas irregularidades”, informou Maluf.

Vale ressaltar que quem desvia energia elétrica através do famoso “gato” ou de fraude no medidor, comete crime previsto no Código Penal Brasileiro, ficando sujeito à prisão de um a quatro anos. 
No ano passado, foram identificadas 183 irregularidades, que totalizavam 724.177 quilowatts-hora. 
 
“A prática de fraude e furto de energia é prejudicial para a sociedade em diversos sentidos. Além de serem considerados crimes previstos no Código Penal que podem resultar em prisão, a energia furtada por meio do ‘gato’ é rateada entre todos os clientes da empresa. Todos pagam por isso. E mais, a vida de inúmeras pessoas fica exposta ao risco de acidentes. Inúmeros casos já foram registrados no país de acidentes provocados por ligações clandestinas”, frisa Felipe Marques Santos, coordenador de Combate às Perdas de Energia da concessionária.

“Contamos muito com o apoio da população para que ela denuncie suspeitas de práticas de ligações clandestinas. A identidade de quem denuncia é mantida em total anonimato”, enfatiza Felipe.
A denúncia pode ser feita pelo telefone 0800 70 10 326 (ligação gratuita) ou pelo site www.energisa.com.br em Serviços Online - Mais Serviços - Denuncie Furto de Energia.


O que é Furto e Fraude
O furto de energia é o ato de desviar ou ‘puxar’ energia da rede elétrica, sem o conhecimento e a autorização da concessionária responsável e sem qualquer tipo de registro da energia consumida. São os famosos ‘gatos’ ou ligações clandestinas. Já a fraude é caracterizada por um ato intencional de manipulação nos equipamentos de medição da concessionária, com o objetivo de reduzir ou ‘zerar’ o faturamento efetivo de uma unidade de consumo.

Ambos são crimes previstos no Código Penal Brasileiro: Fraude, Artigo 171 (estelionato) e Furto, Artigo 155. A pena para esses crimes é de um a quatro anos de reclusão. Além disso, são cobrados os valores retroativos referentes ao período fraudado acrescidos de multa. Quando a fraude ou o furto são descobertos, o responsável também pode ter o seu fornecimento de energia suspenso.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

1 comentário


JR PIT BOY CPF14933389861

23/05/2019 - 11:14:28

FORÇA TAREFA POLICIA MILITAR E POLICIA CIVIL NO COMBATE AO DESVIO DE ENERGIA ELETRICA NO ESTADO DE SAO PAULO...


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (17)9 9723-1013

Copyright (c) 2021 - VOX FM - SAUDADE É A NOSSA ESPECIALIDADE