Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020
Mais Noticias Locais

Acidentes de carro lideram em número de vítimas na região.

33% das vítimas sofreram amputação e 13% lesão medular.

Publicada em 08/05/19 às 08:37h - 2266 visualizações

por VOX FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: DIVULGAÇÃO)

Cíntia Souza - Jornal "O Regional"


Os acidentes de carro lideram o número de vítimas no trânsito da região. Elas correspondem a 67% do total de pacientes atendidos. Das vítimas, 33% sofreram amputação e 13% lesão medular que resultou em paraplegia ou tetraplegia. Os dados, que englobam Catanduva, são do Instituto de Reabilitação Lucy Montoro, que fica em Rio Preto.

Os acidentes com motos correspondem a 32% do total e os atropelamentos 1%. 

Os dados também servem de alerta no Maio Amarelo, mês dedicado a conscientização sobre as mortes no trânsito.

Os homens na faixa etária dos 25 aos 40 anos também são maioria nesses acidentes, com 54% do total. No mesmo percentual está o número de vítimas que sofreram lesão encefálica. 

A diretora e médica fisiatra do Instituto, Regina Chueire aponta que as vítimas de acidentes de trânsito passam por um longo processo de reabilitação e podem ter sequelas para a vida toda. “As consequências não são apenas para o acidentado. Muitas vezes, a deficiência severa pede que alguém da família se dedique à vítima por tempo integral”, completa a especialista. 

O Instituto Lucy Montoro é uma unidade de atendimento ambulatorial que oferece reabilitação às pessoas com deficiência ou doenças potencialmente incapacitantes. Lá, os pacientes contam com uma equipe multidisciplinar que é composta por médicos fisiatras, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, assistentes sociais e outros profissionais especializados em reabilitação. 

A unidade é referência no atendimento, ensino e pesquisa e faz dispensa de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção para os 102 municípios que compõem os Departamentos Regionais de Saúde (DRS) de Araçatuba e São José do Rio Preto, entre eles o departamento de Catanduva. 

Quem precisa desse tipo de tratamento, é encaminhado pelo serviço médico de uma rede pública de saúde. A rede de Reabilitação foi criada em 2008 e conta com 19 unidades em funcionamento. São realizados mais de 100 mil atendimentos por mês.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (17)9 9723-1013

Visitas: 570923
Usuários Online: 28
Copyright (c) 2020 - VOX FM - SAUDADE É A NOSSA ESPECIALIDADE