Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020
Mais Noticias Locais

Prefeitura cancela contrato com Tambaú e assume transporte coletivo emergencial.

Esquema será o mesmo realizado antes da contratação da Tambaú, com veículos da frota municipal de escolares e com horários específicos. Não haverá cobrança de passagens.

Publicada em 22/01/19 às 19:47h - 1149 visualizações

por VOX FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: DIVULGAÇÃO)
Karla Konda - Jornal "O Regional"

A novela do transporte coletivo em Catanduva ganha mais um capítulo, e em tom dramático. Depois da cidade ficar sem ônibus com o término do contrato com a antiga prestadora de serviço em 15 de dezembro, depois do período em que a própria prefeitura realizou o transporte de maneira improvisada, e de todos os problemas e transtornos no período em que a Tambaú realizou o serviço, a Prefeitura de Catanduva cancelou oficialmente o contrato emergencial firmado com a empresa Tambaú para o serviço de transporte coletivo. O decreto, assinado pelo prefeito Afonso Macchione Neto foi publicado em uma edição extra no final da tarde desta terça-feira. 

Com o cancelamento do contrato, a administração assume, mais uma vez, o transporte, utilizando veículos da frota municipal de escolares e com horários específicos, colocando mais linhas para bairros com maior movimento de usuários. Não haverá cobrança de passagens. 

No decreto, o prefeito Macchione afirma que o contrato emergencial com a Tambaú será extinto levando em consideração todas as infringências contratuais e problemas ocorridos na operação do transporte coletivo durante o período em que a empresa atuou no município.

A Tambaú assinou o contrato dia 24 de dezembro, e assumiu o serviço dia 7 de janeiro. Os veículos alugados pela empresa junto à Jundiá - antiga prestadora do serviço -, apresentaram inúmeros problemas, com quebras diárias em várias linhas, e até falta de combustível.

A Prefeitura chegou a autorizar que os ônibus parassem por um dia (domingo, dia 13) para manutenção. Os diretores da empresa afirmavam que os problemas seriam sanados. 

Porém, nada mudou desde então, e os veículos apresentando defeitos, sujos, com bancos quebrados, continuaram a causar transtornos para os usuários do transporte coletivo. No último sábado, dia 19, a Prefeitura comunicou a Tambaú que teria 48 horas úteis (segunda e terça, 21 e 22) para resolver a situação. No início da noite, o governo comunicou que reassume o serviço nesta quarta.

Além do decreto, a prefeitura também publicou o novo horário de linhas. Os ônibus começam a circular às 5 horas e terminam às atividades às 23 horas.  Porém, com interrupções no meio da manhã e no início da tarde. 

Como são utilizados ônibus do transporte escolar e as aulas das escolas municipais começam no dia 4 de fevereiro, até lá a prefeitura precisa encontrar uma solução para o transporte coletivo. 

O prefeito Macchione falou ao vivo no Vox Café. Confira abaixo.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (17)9 9723-1013

Visitas: 570918
Usuários Online: 23
Copyright (c) 2020 - VOX FM - SAUDADE É A NOSSA ESPECIALIDADE