Terça-feira, 29 de Setembro de 2020
Mais Noticias Locais

CEI dos Trilhos realiza primeira oitiva e tira dúvidas sobre projeto da RUMO.

Secretários e membro do Comdu falaram sobre o projeto de transposição da linha férrea.

Publicada em 30/11/18 às 08:06h - 664 visualizações

por VOX FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: DIVULGAÇÃO)
Karla Konda - Jornal "O Regional"


A Comissão Especial de Inquérito (CEI) criada pelos vereadores para tratar dos procedimentos para a concessão da linha férrea e possíveis obras que podem ser feitas em Catanduva, realizou no início da tarde de ontem (dia 29), a primeira oitiva. Foram convidados a secretária de planejamento Adriana Belini Bonjovani, o presidente da Comissão técnica criada pelo Comdu (Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano), Carlos Ribeiro, além do Secretário de Trânsito e Transportes Urbanos, Nilton Marto Vieira da Cruz. 

Amarildo Davoli, presidente da Comissão, fez diversos questionamentos, como, por exemplo, se haveria um estudo sobre o tráfego de veículos na rua Sete de Setembro e um estudo sobre os conflitos no trânsito. Davoli reforçou que a prioridade da Câmara é brigar pela retirada dos trilhos e não a derrubada do pontilhão da rua 7, tal qual prevê o projeto de transposição da linha férrea apresentado pela RUMO, concessionária do serviço. 

 “Esse é apenas um primeiro estudo, não se trata de projeto. Caso haja uma definição a respeito, ai sim, terá a elaboração de um projeto técnico com todas as normas para as construções”, disse Nilton Marto. “Estamos buscando a melhor solução. Todas as propostas que nos forem apresentadas serão analisadas. Estamos no momento de somar, colocar tudo no projeto para ficar o mais completo possível”, disse ainda o secretário de trânsito. 

Adriana Bonjovani explicou que a área do viaduto Santo Alfredo é do governo federal, então, se a RUMO decidir fazer qualquer alteração no local, com aprovação do governo federal, ela conseguiria. “Mas não recebemos nenhuma imposição. Acreditamos que se o interesse fosse derrubar e pronto, eles nem teriam tido todo o trabalho de conversar e buscar novos meios.  O que nos apresentaram foi que o pontilhão está fora do gabarito e que isso precisaria ser adequado”, disse a secretária de planejamento. 

 “Precisamos investigar isso. É cada dia um fato novo. Precisamos esclarecer a população e saber o que realmente vai acontecer”, afirmou Davoli, ainda quando da criação da CEI.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (17)9 9723-1013

Copyright (c) 2020 - VOX FM - SAUDADE É A NOSSA ESPECIALIDADE