Terça-feira, 19 de Novembro de 2019
Noticias Locais

Chuva forte causa estragos em Catanduva. Não houve vítimas.

Outras cidades do noroeste paulista também registraram estragos por conta de temporais.

Publicada em 22/10/19 às 09:11h - 90 visualizações

por VOX FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

DIVULGAÇÃO  (Foto: VOX FM)

No fim da tarde de ontem (22/10), o dia virou noite em Catanduva. Junto com as nuvens espessas que cobriram o céu, um forte temporal causou estragos. No início da noite, a prefeitura informou que ainda estava apurando os danos registrados na cidade, porém, vários já eram conhecidos.  

No Terminal Rodoviário, os fortes ventos fizeram com que réguas do forro de PVC, que estavam abaladas devido a vazamento provocado por chuva anterior, se soltassem. O temporal também causou bastante sujeira. Os reparos, segundo nota da prefeitura, já estão em andamento. 

Uma quadra da rua Antônio Girol, no Jardim Bela Vista, teve infiltração em um ramal de água, rente à calçada, causando danos no asfalto. O sistema de galerias de águas pluviais recém-implantado está preservado, assim como o da rua Altair, Vila Celso. Em ambos os casos, chama a atenção que as recentes obras realizadas justamente para resolver o problema de alagamentos, não resolveram o problema. Inclusive, as obras de instalação de galerias de águas pluviais nas ruas Antônio Girol e Altair, já durante o período de execução, tiveram diversos problemas em dias de chuvas fortes, com danos ao asfalto temporário e abertura de crateras, causando transtornos aos moradores. E agora, depois de prontas, não resolveram o problema para o qual foram desenvolvidas. 

Foram registrados alagamento em trecho da av. Eng. José Nelson Machado, próximo às ruas Altair e Elisiário, assim como na baixada da rua Antônio Girol. Da mesma maneira, na avenida Olímpia e no cruzamento da rua São Paulo e avenida São Domingos. Em todos os casos, não houve vazão suficiente para as águas. 

Houve afundamento na rampa de acesso ao estacionamento interno da Estação Cultura, ponto alvo de obras da Rumo. O local está devidamente sinalizado. 

No Estádio Silvio Salles, houve destelhamento de prédio administrativo e queda de um portão. 

A Defesa Civil de Catanduva e o Corpo de Bombeiros registraram inúmeras quedas de árvores e fios energizados, afundamento no asfalto, desmoronamento parcial de um imóvel, destelhamento e alagamento. Não houve vítimas em razão das ocorrências.


PELA REGIÃO
Em todo o noroeste paulista, diversas cidades foram atingidas por temporais. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, pelo menos sete chamados sobre quedas de árvores foram registrados em Araçatuba. Algumas delas derrubaram fiações e deixaram moradores sem energia elétrica.

Em São José do Rio Preto, a ventania, que chegou a 60 quilômetros por hora, segundo medições da torre do aeroporto do município, também derrubou árvores.

Em Votuporanga, além das várias árvores que caíram, a chuva destruiu parte da estrutura do Festival Literário, montada no Parque da Cultura. Por causa da ventania, um dos galpões caiu, assim como os camarins montados para os artistas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma casa pegou fogo depois de ser atingida por um raio, no bairro São Gabriel, em Jales. Ao todo, doze árvores caíram em diversas ruas e avenidas do município. 

Já em Fernandópolis, as rodovias Euclides da Cunha, sentido Santa Fé do Sul, e a Jarbas de Morares, que liga Jales a Santa Albertina, precisaram ser parcialmente interditadas depois que árvores caíram em ambas. 

Em todas as cidades, não houve registro de feridos.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (17)9 9723-1013

Visitas: 527222
Usuários Online: 25
Copyright (c) 2019 - VOX FM - SAUDADE É A NOSSA ESPECIALIDADE