Sábado, 18 de Janeiro de 2020
Noticias Locais

Dissídio de 2015: prefeita Marta e vereadores sinalizam para um acordo.

Reunião entre Executivo e Legislativo define meios de viabilizar recursos para pagamento de atrasados aos servidores municipais.

Publicada em 28/06/19 às 08:39h - 162 visualizações

por VOX FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

DIVULGAÇÃO  (Foto: VOX FM)

Em segunda reunião entre a prefeita Marta Maria do Espírito Santo Lopes e vereadores de Catanduva, a chefe do Executivo apresentou novo pacote de medidas para viabilizar recursos para o pagamento dos valores atrasados do dissídio de 2015 dos servidores municipais. 

Marta apresentou aquela proposta feita anteriormente pelo então prefeito Afonso Macchione Neto, com a mudança da folha de pagamento da Secretaria de Meio Ambiente para a Superintendência de Água e Esgoto de Catanduva (Saec), mas trouxe uma novidade: a de um reparcelamento de débitos com o Instituto de Previdência dos Municiários (IPMC) – reduzindo o valor das parcelas e aumentando o prazo de pagamento, e, desta forma, “sobrando” certa quantia para o pagamento dos servidores. 

Outro ponto apresentado foi o valor já prometido pelo presidente da Câmara, vereador Luís Pereira, de devolução de sobra de caixa da Câmara, ao final do ano. A devolução desse dinheiro, que deve girar em torno de 4 milhões, também deverá ser empregado no pagamento do dissídio.
 
Em entrevista para a VOX, a prefeita afirmou que tem uma boa expectativa com esse pacote de medidas. “Foi uma reunião muito positiva. Estamos fazendo um pacote de medidas para resolver essa pendência. O funcionário tem direito de receber e a prefeitura tem intenção de pagar. Seria o Meio ambiente para a Saec, o parcelamento do IPMC, o dinheiro do duodécimo da Câmara e outras medidas que tenho esperança que darão certo”, disse. 

Dos 13 vereadores, 10 participaram da reunião. As exceções foram Ivan Bernardi, André Beck, e Maurício Gouvea.

Através das redes sociais, o vereador Ditinho Muleta se manifestou sobre a reunião e falou da possibilidade de outras medidas no pacote. "Na ocasião, foi mencionado sobre a possibilidade de ser encaminhado para o crivo parlamentar, um pacote de projetos que envolvem o REFIS, Plano Estrutural dos novos concursados, dentre outros ajustes que a Prefeita julga necessários para possibilitar o pagamento do dissídio". 

A prefeita Marta afirmou à VOX que pretende solicitar ao Legislativo uma sessão extraordinária para colocar em votação os projetos relativos a esse pacote de medidas.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (17)9 9723-1013

Visitas: 565620
Usuários Online: 25
Copyright (c) 2020 - VOX FM - SAUDADE É A NOSSA ESPECIALIDADE