Noticias Locais

Ônibus: 4 empresas apresentam propostas para transporte coletivo de Catanduva.

Tambaú, de São Paulo, pode ser a vencedora com passagem a R$ 4.

Publicada em 21/12/18 às 07:17h - 1084visualizações

por VOX FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: DIVULGAÇÃO)
Karla Konda - Jornal "O Regional"


Quatro empresas apresentaram propostas para assumirem emergencialmente o transporte coletivo em Catanduva. Os envelopes com os valores foram abertos na tarde de ontem. Dentre as empresas, a Jundiá, que deixou a cidade há uma semana, ofertou o menor valor (R$ 3,75), porém, acrescentava um subsídio para os passageiros isentos, por conta disso, foi descartada. 

A segunda menor proposta foi da Tambaú, empresa de São Paulo, que pede R$ 4 por passagem.  Coopertrans apresentou um valor de R$ 4,55 e Ação Transportes e Turismo, R$ 5,20. 

Além de representantes de empresas estavam presentes, o secretário de desenvolvimento Fabio Manzano, o secretário de trânsito Nilton Marto Vieira da Cruz, servidores do setor de licitação e os vereadores Wilson Paraná, Luís Pereira e Cidimar Porto. 

De acordo com informações do secretário de trânsito e transportes urbanos , apesar da Tambaú apresentar menor valor, toda a documentação da empresa ainda precisa ser analisada para posteriormente ser divulgada como vencedora do chamamento.  O secretário afirmou ainda que se o contrato for firmado, a nova contratada teria 15 dias de prazo para assumir o serviço

O secretário informou ainda que serão no mínimo 17 ônibus. O contrato será de 3 meses podendo ser prorrogado para 6. Nesse período, a Prefeitura vai trabalhar para que a licitação definitiva seja finalizada, para 10 anos, com o aval do Tribunal de contas. 

Sobre o valor da tarifa, Nilton Marto Vieira da Cruz explicou que a Jundiá fez a proposta com o menor preço, os mesmos R$ 3,75 que recebia até sábado, porém, querendo que a prefeitura arcasse com um valor para subsidiar as gratuidades e descontos que existem na cidade. A Tambaú pediu R$ 4,00, mas concorda com as condições. 

Enquanto não há a definição da nova empresa, a Prefeitura segue com o esquema implantado desde a última segunda feira, sem cobrança de passagem. “Estamos recebendo críticas, mas a prefeitura foi muito corajosa em não aceitar uma tarifa exageradamente elevada, de R$ 6,41. Foi um desafio muito grande, tomando todo o cuidado, utilizando veículos apenas que são do patrimônio municipal, e toda a equipe assumiu essa bandeira. Educação, motoristas, coordenação dos motoristas, Secretaria de Trânsito, uma afinação para defender os interesses da população e não deixa-la desassistida. Entendemos que a contratação emergencial é agora um passo importante para podermos dar sequência na licitação que tinha sido suspensa por conta de um representação do vereador Ari, mas que o Tribunal entendeu estar correta, e muito em breve termos uma nova empresa operando na cidade”.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (17)9 9723-1013

Copyright (c) 2021 - VOX FM - SAUDADE É A NOSSA ESPECIALIDADE